O Bom Perfume

Severo Miguel de Oliveira

Há tempos, estive com um irmão fazendo uma visita em uma fábrica de perfumes. Algumas coisas muito me chamaram a atenção tal como o gostoso odor que enchia a casa toda, não só a parte interior da fábrica, mas até mesmo o escritório, a cozinha a sala de espera etc. tudo era atingido por aquele cheiro gostoso. Notei também que a fragrância do perfume atingia do lado de fora da construção e que nós mesmos nossas peles e roupas haviam sido alcançados por termos entrado na fábrica.

Foi aí que comecei a meditar em duas passagens bíblicas:

Marcos 14:3 "Estando ele em Betânia, reclinado à mesa, em casa de Simão, o leproso, veio uma mulher trazendo um vaso de alabastro com preciosíssimo perfume de nardo puro; e, quebrando o alabastro, derramou o bálsamo sobre a cabeça de Jesus." e Marcos 14:5 "Porque este perfume poderia ser vendido por mais de trezentos denários e dar-se aos pobres. E murmuravam contra ela." Quando nosso amado Senhor Jesus esteve certa ocasião em Betânia e lá Ele foi ungido por Maria e no versículo 3 entre outras coisas está escrito “...e encheu-se toda a casa com o perfume do balsamo”.

Como naquela fábrica, em Betânia, por aquela atitude de Maria em apreciação e adoração  ao Senhor Jesus, toda a casa ficou cheia daquele perfume precioso.

Não pode haver dúvidas de que o odor daquele perfume derramado sobre nosso senhor Jesus em Betânia ultrapassou os limites das paredes, trazendo beneficio aos que se achavam do lado de fora da casa. Todos quantos estavam na casa foram contagiados beneficamente com o perfume, até o próprio Judas Iscariotes.

O derramar deste perfume sobre nosso Senhor Jesus Cristo, nos fala muito de perto da adoração, pois para Maria, Ele era tudo de mais importante, nada mais tinha para ela uma representação significativa, a não ser Seu tão amado Senhor e Salvador, que excedia ao valor estipulado de trezentos denários, para ela esse valor era algo irrisório diante de sua apreciação da pessoa do Senhor.

Irmãos, certa ocasião ouvi de um respeitado servo de Deus em nosso meio: “o crente, ou a igreja que não sabe adorar, tampouco saberá evangelizar”.

O segundo texto que me veio à mente foi 2ª Co. 2.14 "Graças, porém, a Deus, que, em Cristo, sempre nos conduz em triunfo e, por meio de nós, manifesta em todo lugar a fragrância do seu conhecimento." 15 "Porque nós somos para com Deus o bom perfume de Cristo, tanto nos que são salvos como nos que se perdem." 16 "Para com estes, cheiro de morte para morte; para com aqueles, aroma de vida para vida. Quem, porém, é suficiente para estas coisas?"

Como que o crente pode ser o bom perfume de Cristo? Creio que se relaciona primeiro em nosso contato inicial com Ele, como nosso Senhor e Salvador, depois segue por uma vida de comunhão com Ele, que resulta numa disposição para fazer Seu nome conhecido entre as pessoas, podendo assim fazer com que a preciosidade da fragrância de Seu evangelho e de nossas vidas transformadas alcance muitas pessoas. Para alguns esse cheiro, é um perfume para a vida pois eles também conseguem perceber o valor real desta Pessoa bendita, Jesus Cristo; porém, para outros, esse cheiro precioso se torna em cheiro de morte, pelo fato de rejeitarem (e essa mesma Palavra exposta os condenará, porque rejeitaram).

Irmãos, que sejamos vasos quebrados na presença do Senhor Jesus para adoração de Sua pessoa a fim de que saíamos a evangelizar um mundo hostil que cheira morte, violência, drogas e todas outras espécies de coisas ruins.

 


Estudos Bíblicos