A Simplicidade de Cristo (2 Co 11:2-3)

Há, nesta cidade, um grupo de pessoas que se reúnem exclusivamente no nome do Senhor Jesus Cristo. Não pertencem a nenhuma denominação e nem a qualquer sistema denominacional. Estão contentes em pertencer ao Senhor Jesus.

Entre eles não existe classe especial de pessoas. Não existe divisão entre clérigos e leigos. Eles entendem que pastores, bispos, diáconos e outros foram dons concedidos pelo Senhor à igreja, para a edificação dos santos (Ef 4:11-14; 1 Co 12:4, 7, 11), havendo, em cada igreja local, pluralidade deles, os quais são reconhecidos pelo serviço que prestam, mas não por cursarem seminário teológico, ou qualquer outra instituição humana. Portanto, há no meio deles igualdade entre todos os membros, sendo todos sabedores da sua importância e valor no corpo de Cristo, que é a igreja de Deus; há também liberdade para o Espírito Santo usar o instrumento que lhe apraz, seja para ensinar na igreja, seja para evangelizar os que ainda estão perdidos.

Eles crêem na inspiração plena na Palavra de Deus e rejeitam qualquer idéia de excluir esta ou aquela parte dela (1 Tm 3:16-17; 2 Pe 1:19-21).

Nos seus ajuntamentos procuram apresentar o Senhor Jesus, como o Senhor e Salvador de todo o que nele crê, por intermédio da obra redentora que efetuou na cruz do calvário; procuram esconder o homem, para que o Senhor Jesus Cristo seja visto e anunciado (Jo 3:30). O dirigente das suas reuniões é o Espírito Santo, o Consolador que o Senhor enviou para estar conosco para sempre (Jo 14:16, 17, 23; 15:26; 16:13-15). Ninguém entre eles ousa tomar o seu lugar. Em tudo procuram ser submissos a sua vontade.

Para eles, a igreja não é um edifício, casa ou templo feito por mãos. A igreja é a junção de todos aqueles que confessaram os seus pecados e foram salvos pelo Senhor Jesus Cristo. E, por isso, confiam na segurança eterna de todos aqueles que foram perdoados pelo Senhor Jesus (Jo 3:36; 5:24; 10:27, 28; Ro 8:1; 1Jo 5:11,12).

Eles obedecem às instruções do Espírito Santo, como está no novo testamento, sabendo que foram para os dias apostólicos e são também para os dias atuais, porque o Senhor que as deu é imutável, e as suas instruções possuem a mesma essência.

Em razão disso, nas suas reuniões, as mulheres permanecem em silêncio (1 Co 14:33b- 35; 1 Tm 2:11,12) e cobrem suas cabeças (1 Co 11:1-16), conforme o ensino do Espírito Santo no novo testamento. Também não há qualquer cobrança ou exigência financeira entre eles. Pois a mesma palavra de Deus ensina que tudo deve ser feito livremente, espontaneamente, voluntariamente (1Co 16:1,2; 2 Co 8:3,4; 9:7,13), ou como o Senhor mesmo ensinou: “... de graça recebestes, de graça daí” (Mt 10:8b).

Se você deseja saber mais sobre o que dissemos acima, entre em contato conosco. Teremos enorme prazer em auxiliá-lo a conhecer a palavra de Deus e conduzi-lo a Cristo.

As citações que fizemos acima são da palavra de Deus, e devem ser consultadas por todo o leitor destas linhas, para que seja averiguada a sua veracidade.

João Batista Carneiro - Gama (DF)

 


Estudos Bíblicos